Chaves dos Portais Atlantis

A abertura ritual dos Portões dos Reis de Edom e a transição da alma através da Lua de Thaumiel coloca o adepto no ponto de caminhos cruzados que estão além do trono de Lúcifer. A alma que alcança esse ponto de evolução espiritual pode escolher ascender através da estrela, este é o presente de Lúcifer para os filhos da Rainha das Trevas que percorreram o caminho dos testes até agora, ou escolher descer às profundezas de Amenta para buscar o reinado de duas Grandes Coroas da Divindade no reino Atlante. Aqueles que escolherem este último falarão o Juramento do eterno Deus-Bruxo e empreenderão os testes da alma neste reino. Ter sucesso é tornar-se como um Deus Eterno, guiando o futuro e o destino de raças ainda não nascidas e mundos ainda não criados. Fracassar é queimar nas Chamas de Lúcifer, atravessando o Portão das Almas Perdidas e Esquecidas, muito abaixo do universo de Lantean.

 

Desvendando os Reis de Edom

 

“Eu posso proteger você de tudo que habita no reino das Profundezas se você colocar sua fé em mim. Aquilo de que eu não posso protegê-lo, é você mesmo.” –

~BELIAL

 

O maior conhecimento, poder e magick são revelados para a alma que desce abaixo do deserto de Arkos, a camada externa dos planos internos e aos Reinos Proibidos dos tronos dos Deuses Atlantes primitivos e sem forma. É aqui que você enfrentará os testes de fogo.

 

O poder dos reis de Edom é chamado através da abertura ritual da estela de seus portais. Os reis finalmente são desmascarados, e sua verdadeira identidade como Deuses Primordiais da primeira raça do homem é revelada quando eles são encontrados no reino Atlante.

 

Caminho Proibido

 

A Gnosis da Chave Atlante, que abre o Portal de Amenta, é ordenada pela Rainha das Sombras Hecate. Antes que qualquer alma possa se aventurar pelos caminhos do Dia ou do Lado Noturno, para penetrar completamente nessas profundezas, uma transmutação completa deve ser iniciada pela Deusa da Chama Feiticeira. Esta iniciação é dada na solidão em uma noite de lua escura. Hécate é levado para o círculo da Arte e o Juramento do Deus dos Deuses é feito. Suas palavras, escritas em pergaminho, são então consagradas a sangue e enviadas à Deusa com a bênção de Lúcifer. Recitando o juramento, chama-se todos os três membros do Tridente.

 

Juramento

 

Através do portal do sangue e da experimentação do fogo, Eu ando no Caminho da Deusa Mais Escura, além do reino do homem, no trono da rainha da grande bruxaria; eu usei a coroa da liberdade da alma; eu abri os portões da minha carne e alma aos Deuses da Antiga Arte; na fé, devoção e amor da alma sincera abrirei o caminho para os reinos proibidos, andarei em uma terra desconhecida para o homem cara a cara com os deuses dos éons primordiais; na Presença Do Poderoso Tridente eu tomo o juramento da alma! Nós procuramos os tronos dos deuses, não da negritude, nem da luz, nem das chamas; devo ser forte, enquanto enfrento os testes dos deuses do passado. Meu coração, alma e ser eterno devem ir para o Caminho das Profundezas dos aliados Atlantes de Hecate.

 

~Third Volume of the Trident of Witchcraft, THE SCORPION GOD, MARK ALAN SMITH, Traduzido por Wilians Miguel

This entry was posted in Zona Morta. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *